This page was exported from ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CIÊNCIAS FORENSES [ http://apcforenses.org ]
Export date: Mon Aug 20 18:04:56 2018 / +0000 GMT

Lofoscopia



O que é a Lofoscopia?

A Lofoscopia é a ciência que se destina à identificação de indivíduos, dedicando-se ao estudo dos desenhos formados pelas cristas dermopapilares das extremidades dos dedos, palmas das mãos e plantas dos pés.

Esta ciência divide-se em três disciplinas:

- A dactiloscopia, que estuda os desenhos formados pelas cristas dermopapilares presentes nas falanges dos dedos, designadas de impressões digitais.

- A quiroscopia, que estuda os desenhos formados pelas cristas dermopapilares presentes nas palmas das mãos.

- A Pelmatoscopia, que estuda os desenhos formados pelas cristas dermopapilares presentes nas plantas dos pés.

Estas três vertentes têm sido utilizadas a nível judicial, civil e criminal.

A Dactiloscopia tem sido o ramo da Lofoscopia mais evidenciado devido à relevância que assume na prática. O procedimento técnico que permite estabelecer a identidade de um indivíduo baseia-se em três princípios fundamentais (Princípio da Perenidade, Imutabilidade e Diversidade) e na comparação de pontos característicos coincidentes.

Deste modo, perante um vestígio lofoscópico recolhido no local do crime e um datilograma recolhido a um suspeito, conclui-se o grau de certeza quanto à identidade caso os pontos característicos assinalados no vestígio lofoscópico correspondam na perfeição aos marcados no dactilograma do suspeito.

-Se forem encontrados 12 pontos característicos coincidentes atribui-se certeza absoluta quanto à identidade

-Se forem encontrados entre 8-12 pontos característicos coincidentes, o grau de certeza vai depender de outros fatores inerentes à impressão digital.

-Se forem encontrados poucos pontos característicos apenas se pode fornecer uma presunção proporcional ao número de pontos e a sua nitidez.

Coordenação científica

Tânia Sofia Graça Silva

Tânia Silva é licenciada em Ciências Forenses e Criminais do Instituto Superior de Ciências da Saúde - Norte desde 2012. É Mestre em Ciências Forenses pela Universidade no Porto, tendo realizo a tese intitulada de "Determinação do género através da análise das impressões digitais latentes por MALDI-TOF-MS", sendo a Lofoscopia a sua área de interesse

 

 


Post date: 2015-04-22 17:02:59
Post date GMT: 2015-04-22 17:02:59
Post modified date: 2015-12-17 23:26:56
Post modified date GMT: 2015-12-17 23:26:56

Powered by [ Universal Post Manager ] plugin. MS Word saving format developed by gVectors Team www.gVectors.com