This page was exported from ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CIÊNCIAS FORENSES [ http://apcforenses.org ]
Export date: Fri Oct 19 7:41:41 2018 / +0000 GMT

O que é a investigação forenses de incêndios?
A investigação de incêndios é a análise de incidentes relacionados com o fogo e surge como uma ciência forense que representa um mundo em si mesma, requerendo a conjugação de conhecimentos de especialistas de diversas áreas. Idealmente, um investigador de incêndios deve possuir conhecimentos multidisciplinares, particularmente em física, química, e engenharia. Na verdade, os fogos, tão caóticos e complexos como possam parecer à primeira vista, podem ser compreendidos, e potencialmente reconstruídos, através de uma análise cuidada da cena de incêndio, conduzida de um modo sistemático e alicerçado em princípios científicos fundamentais.
Ainda assim, as investigações de incêndios constituem um desafio, uma vez que, durante o incidente, os vestígios podem ficar parcial se não totalmente destruídos. Uma das principais, e mais frequente, abordagens de investigação consiste em tratar cada cena de incêndio como uma cena de crime. A investigação de incêndios pressupõe duas etapas fundamentais:
1ª) análise da cena de incêndio para determinar: a causa; a origem e; o desenvolvimento do fogo.
2ª) análise laboratorial minuciosa de amostras obtidas a partir dos resíduos de incêndio recolhidos do local, com a finalidade de: detetar a presença de resíduos de líquidos inflamáveis, potencialmente provenientes de catalisadores de combustão ou acelerantes; identificar outros materiais que pudessem existir no local e; identificar os produtos da pirólise resultantes da combustão.
(Autora Maria Teresa Braz de Magalhães Barbieri Seixas)

Powered by [ Universal Post Manager ] plugin. HTML saving format developed by gVectors Team www.gVectors.com