Informática Forense

O que é a Informática Forense?
A Informática Forense ou Computação Forense pode ser descrita como a ciência responsável pela recolha, preservação e análise de vestígios digitais, presentes nos mais diversos dispositivos de processamento, armazenamento e comunicação. O objetivo principal é o de efetuar uma reconstrução retrospetiva dos acontecimentos, cientificamente sustentada, de forma a poder dar resposta às questões: Quem, Como, Quando, Onde e Porquê; realizou determinado procedimento. As conclusões obtidas numa análise digital forense deverão surgir na forma de um relatório, ajudando várias vezes no processo judicial de construção da prova e podendo ditar a inocência ou a culpa de um suspeito.
Embora seja frequentemente associada com investigações no âmbito do direito Penal esta ciência pode também ser utilizada no direito civil. Nesta última são usadas tecnologias e procedimentos semelhantes às usadas no direito Penal, mas são seguidas diretrizes e práticas adicionais com fim a obter a conformidade necessária ao âmbito da análise digital forense solicitada.
Surgindo como uma ferramenta útil no auxílio de tomada à decisão, e pela crescente utilização no dia-a-dia de dispositivos digitais, a Computação Forense marca hoje uma presença crescente no paradigma Judicial Português e no contexto organizacional.

Nota Biográfica do Presidente:
Pedro Fernandes

Pedro Dinis Reis Fernandes, licenciou-se em Ciências Forenses e Criminais (ISCS-N), em 2013, no Instituto Superior de Ciências da Saúde – Norte. Possui também o Mestrado em Segurança Informática pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL). Desde então tem integrado vários grupos de trabalho, dedicando-se ao estudo de várias temáticas relacionadas com análise digital forense, tais como: métodos de recolha e análise de vestígios digitais forenses, criptografia e esteganografia, biometria, análise forense na resposta a incidentes de segurança, entre outros.
Profissionalmente, prestou consultoria em casos de prova e contraprova onde eram envolvidos dispositivos digitais. Exerceu também a função de Consultor de Segurança na empresa Unisys Portugal, Sistemas de Informação S.A. Atualmente exerce a função de Consultor de Segurança na empresa Layer8 – Shield Domain, S.A.

         

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *